Confira agora as melhores técnicas de oratória

Investir em técnicas de apresentação é se especializar na arte de falar em público, ou oratória, pois para poder enfrentar o indivíduo precisa ser bem estruturado, ter seus objetivos claros, conseguir informar e transmitir uma informação de forma clara. Também faz-se necessário divertir o público em alguns momentos, além de instigá-los.

A oratória é formada por um conjunto, do qual auxilia na criação de um discurso melhor, ajudando assim o orador numa melhor Apresentação.

Para isso, existem algumas formas que técnicas que podem ajudar a melhorar a performance profissional em cada uma das solicitações.

Essas técnicas foram surgindo por meio de estudiosos de comunicação, dos quais defendem que a oratória nasceu há muito tempo atrás, lá pelo século V a. C. e quase nada mudou de lá para esta época.

Nesse período, na região da Sicília, os métodos de oratória surgiram para dar um auxílio aos advogados da época, para que dessa forma eles conseguissem se preparar melhor para apresentar seus serviços. Entre suas funções, pode-se citar: reaver propriedades e bens.

Em suma, a oratória surgiu para convencer o ouvinte sobre determinados argumentos e caminhos para qualquer possibilidade. Tal conceito foi se adaptando e melhorando por meio de prática e estudo. Sua estrutura:

  • Modo de apresentação do orador;
  • A Postura com que ele disserta;
  • Apresentação de imagens para reforçar a explanação;
  • O poder de convencimento nas argumentações.

As técnicas de apresentação são fundamentais, pois elas conseguem deixar o palestrante/ orador mais à vontade com o público e com todos os detalhes que envolve a arte da oratória, resultando em mais naturalidade.

Um discurso ou palestra é uma maneira de convencer o público de algo até em assuntos de contabilidade para e-commerce. Em suma, além de convencer, o orador precisa ter conteúdo e fazer com que a plateia se envolva com o assunto que está sendo abordado.

Conheça alguns passos das técnicas de oratória

As Técnicas de oratoria envolvem algumas características, conheça algumas delas e consiga convencer qualquer público.

A primeira dica é ter o poder da síntese, isto é, foque no “menos é mais”. Em qualquer circunstância, abandone longos discursos e cheios de detalhes e reviravoltas.

Passe as informações de maneira clara e objetiva, mesmo que de modo rápido. O importante é prender o público e não o tamanho do conteúdo compartilhado.

O público que vai em palestra costuma procurar por algo novo, ou seja, é preciso se reinventar para oferecer esta abordagem.

Busque estatística que poucas pessoas conhecem, podendo ser uma curiosidade ou até uma história ligada ao tema.

A meta é fazer com que o público saia do evento sabendo mais do que quando entrou e, acima de tudo, do que você “ensinou”.

Faça uma palestra que deixe a sensação de que está indo embora com seu público, isto é, faça com que o assunto seja comentado fora das paredes do local onde foi realizado seu discurso.

Pode ser um conselho ou algo que possa ser usado no cotidiano e aplicado na vida dessas pessoas.

Foque em ser prático e mude a vida do seu público no retorno para casa. Lembre-se, uma boa oratória consegue despertar emoções.

Mais dicas importantes para uma boa oratória

Outro recurso que ajuda a fortalecer o vínculo com a plateia é criar uma frase que seja importante, de impacto, pois assim será repetida com naturalidade.

Subir o tom e fazer pequenas pausas também é recomendado. Nesse mesmo movimento, o orador consegue trazer de volta à palestra todos aqueles que se dispersaram, ou seja, voltam a prestar atenção.

Além de ter postura corporal, é necessário saber que não se pode ler. O PowerPoint é somente uma ferramenta que auxilia o público.  Sempre responda as perguntas que lhe forem direcionadas, independentemente se for no começo, meio ou fim do acontecimento.

Repetir a pergunta é uma técnica usada quando o orador é surpreendido pela questão, isso serve para quem não escutou, a escute, além de conseguir mais tempo para formular a resposta.

Sempre pense em “plano B” utilizando recursos como: vídeo, internet e até eletricidade. Sempre se prepare para algo que pode dar errado.

Uma última dica: conquiste a atenção e ganhe dos Smartfones ou algo que possa distrair o público. Seguindo essas dicas, dificilmente pegará alguém olhando no celular, a menos, que seja para tirar fotos suas palestrando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *