6 dicas para gerar menos lixo em 2021

É comum que, no começo de um novo ano, façamos resoluções de sonhos e planos para o período que se inicia.

No entanto, entre projetos pessoais e profissionais, acabamos deixando de fora da nossa lista de desejos aquelas metas que impactam mais que nossa vida pessoal. Uma boa maneira de mudar essa história é comprometer-se a gerar menos lixo a partir de 2021.

Na última década, testemunhamos rápidas mudanças climáticas e ambientais. De uma maneira ou de outra, estamos contribuindo com isso em nossas atividades do dia a dia. Mesmo guardanapos e saquinhos utilizados em uma celebração, provavelmente, acabarão na natureza, gerando impactos negativos para todo o planeta.

Para se ter uma ideia, em 2016, o Fórum Econômico Mundial de Davos divulgou o resultado de vários estudos que concluem: se mantivermos o atual ritmo de descarte, em 2050, haverá mais plástico que peixe nos oceanos. 

Apesar de as notícias e as previsões não serem das melhores, ainda há tempo para que mudemos o curso dessa história de degradação ambiental coletiva. Desse modo, confira dez dicas que vão te ajudar a fazer parte dessa mudança.

Invista em ecobags

A essa altura, você já deve ter ouvido falar nas ecobags, as sacolas ecológicas. Reutilizáveis, elas têm o potencial de reduzir o consumo de sacos plásticos, o que diminui a presença desse material no meio ambiente. Nos últimos anos, as ecobags também se tornaram uma tendência fashion, e as pessoas acabaram usando-as apenas como acessório.

Elas podem ser utilizadas a qualquer momento. Entretanto, é essencial que você as introduza em seu dia a dia de compras, evitando as sacolas dadas em mercados, por exemplo,  para que o investimento tenha impactos positivos, produzindo menos lixo em 2021.

Prefira panos reutilizáveis

Um dos produtos que tenderiam a desaparecer do mercado se existisse um consumo efetivamente consciente seria o papel-toalha. Essa afirmação pode parecer estranha, uma vez que estamos habituados ao uso desse produto, mas a verdade é que os impactos gerados tanto pela produção quanto pelo descarte dele não fazem jus à utilidade 

Assim, deixe o papel-toalha de lado e prefira panos reutilizáveis na hora de limpar os ambientes internos de sua casa. 

Evite itens descartáveis

Papel-toalha e sacolas plásticas não são os únicos itens descartáveis que devem ser retirados de nossa rotina. Pratos, copos, talheres e todos os outros objetos de uso único são alguns dos piores poluentes do planeta, especialmente por serem feitos de plástico. 

Isso porque, como sabemos, por não serem orgânicos, eles não se degradam na natureza. Dessa maneira, os itens descartáveis nada mais são que produtos confeccionados com um material de longa duração, mas de curta utilidade. Portanto, evite-os ao máximo.

Opte por produtos de higiene em barra

Embalagens geram bastante descarte de lixo, uma vez que o que se consome, de fato, é o que elas carregam. Uma maneira bem simples de diminuir esse tipo de lixo é preferir produtos em barra em vez dos líquidos: do sabão ao sabonete, passando, inclusive, pelo shampoo.

Peça a sacola de papel

Nem todos os produtos podem ser colocados diretamente em ecobags: os pães são um bom exemplo disso. Devido ao contato direto entre o alimento e a superfície da sacola que o carrega, é essencial que a embalagem esteja limpa. 

Uma opção bem simples e oferecida por quase todo estabelecimento são as sacolas de papel. Na hora de comprar o pão quentinho, pense no meio ambiente e peça sempre os sacos de papel na padaria.

Escolha o sorvete na casquinha

Calor e sorvete são uma combinação irrecusável, especialmente em países tropicais como o Brasil. Porém, geralmente, as embalagens que utilizamos para o consumo desse doce congelado são feitas de materiais descartáveis. 

A boa notícia é que existem duas opções bastante práticas para gerar menos lixo na hora de se refrescar: a taça de vidro, caso consuma o produto no estabelecimento em que comprou, e a casquinha comestível, caso você peça o seu sorvete para viagem.

Texto: Gear Seo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *