Segurança do trabalho: fundamental para o empregado e a empresa

O trabalhador é muito importante dentro de uma empresa por ser a pessoa que irá realizar as atividades necessárias para o determinado setor, ajudando no crescimento da companhia.

Mas, estar atento à saúde do funcionário, desde o seu processo de contratação é fundamental para garantir um bom desempenho por parte dele, além de garantir sua segurança.

É por isso que, dentro das empresas, existe o setor de segurança do trabalho, que tem como missão prevenir acidentes e doenças no ambiente corporativo.

Ou seja, esse setor realiza procedimentos de segurança com o objetivo de conscientizar os funcionários sobre pequenas ações que podem ser realizadas em seu dia a dia para evitar problemas.

O setor pode alertar os seus colaboradores por intermédio de palestras e campanhas de comunicação interna.

Por exemplo, o setor pode instruir sobre a postura adequada para se sentar, a utilização de apoio nos pés para evitar problemas de coluna, o uso dos corrimãos ao utilizar as escadas, e outras dicas que otimizam a saúde e a segurança no dia a dia corporativo.

O setor é regulamento pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho – SESMT, além disso, muitas vezes, ele trabalha em parceria com a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, conhecida como CIPA.

Neste artigo, você saberá mais sobre os setores que trabalham com segurança do colaborador, os equipamentos e importância da utilização deles.

Atuação do setor de medicina do trabalho e SOU

O SESMET está presente dentro das empresas e representa o setor da segurança do trabalho.

Ele é composto por médicos especializados para ambientes corporativos e técnicos em segurança.

O setor realiza exames, desde o admissional até os periódicos, para verificar a saúde do colaborador e atuar em sua plena recuperação, no que se refere ao ambiente corporativo.

Outro setor importante é o de Saúde Ocupacional, também conhecido como SOU. Esse setor trabalha voltado à saúde do trabalhador, por meio de exames.

A intenção também é preparar um ambiente de trabalho agradável, seguro, limpo e satisfatório ao colaborador. Além disso, o setor ajuda a prevenir riscos e problemas no ambiente profissional em razão da realização de atividades.

Aliado ao setor, existe o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, conhecido como lei do PCMSO, que funciona com a realização de exames periódicos que visam a detectar alguma possibilidade de risco ao trabalhador, para que sejam trabalhadas alternativas de prevenção.

A utilização dos equipamentos de proteção individual

Também conhecidos como EPIs, esses equipamentos são de uso obrigatório e devem ser utilizados nos ambientes corporativos com a intenção de evitar e prevenir acidentes por causa da realização de procedimentos necessários ao funcionamento da empresa.

Os principais equipamentos utilizados são:

  • Capacetes;
  • Luvas;
  • Óculos de proteção;
  • Bota de segurança;
  • Cintos;
  • Avental etc.

A CIPA, que é a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, atua junto aos setores de segurança nessa supervisão da utilização correta dos EPIs.

Além disso, a CIPA possui funcionários treinados para situações emergenciais, como incêndios, treinamento para primeiro-socorros, entre outros.

Por isso, é importante que a empresa adquira um Kit cipa para o profissional treinado. Esse kit conta com alguns elementos essenciais, voltados à locomoção do funcionário e primeiros-socorros, como:

  • Prancha;
  • Capa;
  • Aparelhos para facilitar a respiração;
  • Bandagem;
  • Máscara;
  • Luvas;
  • Ataduras;
  • Cintos;
  • Colares etc.

A empresa que atua de forma adequada, com esses setores e equipamentos necessários, consegue obter maior credibilidade quanto aos seus serviços prestados.

Vale ressaltar que não somente ambientes totalmente corporativos devem ter mecanismos de segurança, mas escolas e ambientes que lidem com o público de modo geral também.

Outros detalhes

Por exemplo, em uma escola, é fundamental que exista uma equipe de segurança apta para atender os alunos em caso de urgências.

Para isso, é importante que eles estejam devidamente identificados, com uniformes que podem ser encomendados em uma Fábrica de uniformes escolares.

Voltando ao ambiente empresarial e industrial, onde muitas vezes os trabalhadores devem desempenhar funções em altura, o que acarreta riscos à segurança e à saúde desses funcionários, é importante que o local de trabalho forneça a estrutura necessária para evitar qualquer tipo de acidente.

Por isso, é recomendado o uso de Linha de vida para telhado.

Esse material é confeccionado com cabeamento de aço, realizando ancoragem de ponta a ponta ou extremidades, que tornam o material ainda mais resistente.

É importante que a empresa tenha esse cuidado e atenção para evitar problemas com desabamento de estrutura, o que afetaria a saúde do trabalhador, além de trazer muitos problemas para a imagem da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *