estratégias

Revenda de joias e semijoias: entenda as estratégias

Empreender não é uma tarefa fácil, muitas coisas precisam ser levados em consideração, como público-alvo, tipos de estratégias e principalmente, o que será oferecido para seus clientes, um produto ou um serviço.

Nesse quesito, a revenda de produtos vem crescendo, com uma especial atenção para joias e semijoias.

Assim, pessoas de diferentes lugares, montam um pequeno mostruario de joias e partem para a composição de uma nova fonte de renda.

Além do mais o mercado de joias e semijoias no Brasil está em expansão e segundo o site E-bit, essa categoria corresponde a 13,7% dos pedidos nas lojas de e-commerce, o maior de todos, fora que o grande público-alvo desses produtos são as mulheres, que somente no Brasil correspondem a 51% da população.

Deste modo, as joias e semi joias, suas embalagem personalizadas vem sendo uma alternativa para quem quer complementar a renda ou empreender no ramo de revenda.

Para isso, é necessário montar estratégias diferenciadas e que levem em consideração o mundo digital.

Neste artigo abordaremos sobre estratégias para vender joias e semi joias de forma mais eficiente, correta e com integração ao mundo digital.

Dicas para vender mais joias e semi joias

Ser uma revendedora de joias e semijoias é uma oportunidade promissora, principalmente, para as pessoas que buscam uma independência financeira e uma maior flexibilidade de horário.

Além do mais, trabalhar por conta com joias e semijoias como pulseira berloque prata fina ou ouro contribui e muito para a realização profissional e pessoal.

Abaixo falaremos sobre dicas para conseguir vender mais e melhor.

1. Definição do público

O primeiro passo para que a estratégia de revenda seja eficiente e adequada é entender para quem seu produto será vendido. Cada tipo de produto possui uma clientela específica, e entender o que gostam, os seus desejos, é fundamental para vender.

Além do mais, entender o seu cliente faz com que você compre os produtos certos para vender, seja investir em tornozeleira feminina dourada, anéis, colar, entre muitos outros produtos.

2. Estabelecer os pontos de venda

Saber onde vender é fundamental para que seus produtos alcancem as pessoas. Assim, é possível vender de diversas formas, como de maneira personalizada, ou seja, no atendimento à domicílio, ou então, abrir um pequeno espaço físico, como um próprio cômodo da sua casa.

Além dos pontos físicos, como o domicílio e uma loja, é preciso pensar hoje em pontos de venda digital, tanto em sites próprios que fazem entregas para o Brasil inteiro, com sites responsivo, mensageiros digitais, grupos nas redes sociais, entre outros.

3. Determine formas de pagamento

Uma das formas de atrair o público é oferecer para elas formas de pagamento diferenciadas e claro que favoreçam você.

Assim, é indicado apostar nos pagamentos de cartão de crédito e débito, dinheiro em espécie e para compras o parcelamento, como as joias mais sofisticadas como o anel diamante 2 quilates.

Assim, você evita a venda fiada e aumenta ainda mais o público e seus clientes.

Outros pontos importantes para a venda de joias e semijoias

Portanto, verificamos que para que as joias e semijoias consigam ser vendidas de forma mais efetiva é preciso agregar muitos aspectos como:

  • Definição do público-alvo;
  • Determinar formas de pagamento;
  • Criar pontos de venda;
  • Ter um bom mix de produtos.

No último tópico, quanto ao mix de produtos, estamos nos referindo a quantidade de produtos que podem ser oferecidos aos clientes. Deste modo, podemos notar que é fundamental atentar-se para a definição do público-alvo.

Com a informação do público-alvo é possível verificar se haverá a opção por modelos mais clássicos ou mais modernos, ou então por acessórios que sejam inovadores e que estão há pouco tempo no mercado.

Por isso, para quem está começando agora é indicado que se opte por um mix de produtos bastante diferenciado e com o passar do tempo, refinamento da clientela, esse mix vai ficando mais específico.

Um exemplo é que no começo você venda anéis, colares, pulseiras, e dependendo do produto que oferecer, dizemos que os anéis são os que vendem mais. Assim, você começa a refinar seu mix de produtos em anéis se tornando referência.

Portanto, para vender joias e semijoias é preciso entender muitos aspectos do empreendedorismo, porém, atentando-se para o que tratamos aqui é possível aumentar suas vendas e ter um bom faturamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *