Por que você deve ter rastreabilidade no seu negócio agrícola

A rastreabilidade é a única forma de identificar a origem e o caminho do alimento do campo até a mesa. 

É ela que vai certificar ao consumidor que o alimento que está adquirindo é seguro e de qualidade. 

 

A preocupação que o consumidor demonstra com a segurança do alimento só aumentou com o início da pandemia do novo coronavírus. 

 

Assim, isso reflete diretamente nos processos que o produtor e distribuidor de alimentos devem manter para garantir um alimento seguro.

 

Segurança do alimento – preocupação em garantir que o alimento que chega até a mesa do consumidor é de qualidade e livre de contaminantes – é um tema que está ganhando destaque com o passar dos anos.

 

 Cada vez mais, é necessário manter processos rígidos ao manipular alimentos nas empresas para evitar não-conformidades.

 

Mas a segurança do alimento é somente um dos inúmeros benefícios que a rastreabilidade pode trazer para o seu negócio agrícola. 

 

Continue lendo o texto para entender como você pode trazer mais vantagens para sua empresa implantando a rastreabilidade!

 

Como a rastreabilidade se aplica às empresas agrícolas?

 

Antes de tudo, vale entender o que é rastreabilidade e como ela funciona para as empresas do ramo agrícola.

 

A rastreabilidade é um conjunto de processos e ações que proporcionam o registro de todos os movimentos do alimento durante seu caminho, desde a colheita, passando pela distribuição, supermercados, até a mesa do consumidor. 

 

São feitos registros em um sistema com data e horário da colheita, tipo de agrotóxicos utilizados, de como o produto foi distribuído, quem é o responsável por cada etapa, dentre outros apontamentos.

 

Após os registros, uma etiqueta contendo código de barras, QR Code e outras informações é impressa e anexada ao produto ou à sua embalagem. 

 

Através dos códigos dessa etiqueta, a empresa consegue conferir as informações da origem e caminho do produto. 

 

Por exemplo: vamos supor que você envia um produto e ele chega ao destino final com mofo. 

 

Onde aconteceu o erro? Consultando no sistema, é possível descobrir!

 

Além disso, o consumidor, no ato da compra, pode ler o QR code da etiqueta em seu celular e ler mais informações sobre o produto.  

 

Mas o que um negócio agrícola ganha, de fato, com a rastreabilidade? Acompanhe no próximo tópico!

 

O que seu negócio agrícola ganha com rastreabilidade?

Estar de acordo com a legislação

 

Primeiramente, a rastreabilidade é exigida por lei.

 

A normativa INC 02/2018, da rastreabilidade, diz que todas as empresas de todas as etapas da cadeia produtiva de alimentos, incluindo produtores e distribuidores, devem ter um sistema de rastreabilidade implantado. 

 

Caso contrário, a empresa está sujeita a multas e restrições. 

 

Você pode saber tudo sobre a INC 02/18 clicando aqui.

 

Mas a rastreabilidade é muito mais do que uma etiqueta que a lei exige.

 

Facilidade em casos de recall

 

Lembra que eu disse que, com rastreabilidade, você tem acesso a todo o caminho que o produto percorreu?

 

Caso ocorra a necessidade de você fazer um recolhimento de um lote de produtos por causa de alguma não conformidade, o sistema de rastreabilidade vai indicar isso pra você de forma fácil e rápida.

 

Basta acessar o sistema e identificar o destino final dos produtos a serem recolhidos. 

Em casos tão delicados como são casos de recall, você ganha agilidade e praticidade!

 

Segurança do alimento

 

No início desse texto, falei bastante sobre a segurança do alimento. 

 

Recapitulando, cada vez mais o consumidor e as empresas exigem que o alimento que eles compram seja seguro e de qualidade. 

 

A rastreabilidade vai permitir que você comprove a procedência e o padrão de qualidade do seu produto.

 

Acompanhamento de dados em tempo real

 

Utilizando um software de rastreabilidade, é possível acompanhar as informações do produto em tempo real, conforme elas vão sendo atualizadas. 

 

Isso garante que você não receba nenhuma informação atrasada e, em caso de problemas, possa agir rapidamente.

 

Redução de perdas

 

Implantar um sistema de rastreabilidade ajuda você a evitar gastos desnecessários.

 

Isso ocorre porque, ao rastrear seus produtos, você torna os processos mais eficientes, como, por exemplo, a gestão de produtos, o controle de agrotóxicos, a logística, dentre outros processos, que podem evitar que você tenha perdas com produtos. 

 

Ter rastreabilidade é prevenir ao invés de reagir.

 

O processo de rastreabilidade deve ser feito baseado em um POP – Procedimento Operacional Padrão – a fim de evitar que ocorram falhas no processo. Clique aqui para baixar um modelo de POP.

 

Tomar decisões de gestão baseadas em dados

O sistema de rastreabilidade permite que você tenha total controle da gestão dos seus produtos, tomando decisões sempre baseadas em indicadores reais. 

 

Assim, você evita tomar decisões não embasadas que podem prejudicar sua empresa.

 

Como você pode implantar a rastreabilidade no seu negócio agrícola?

 

O primeiro passo para implantar a rastreabilidade no seu negócio agrícola é escolher um sistema completo que possa atender às necessidades de seus processos, e, principalmente, que seja personalizável, para que não ocorram limitações no trabalho.

 

O Rastreador PariPassu é referência no mercado para rastreabilidade. 

 

Se você quiser uma demonstração completa e gratuita de como o sistema funciona, basta clicar aqui e preencher o formulário para receber o contato de um especialista em rastreabilidade.

 

Espero que esse texto tenha lhe ajudado!



Para mais conteúdos sobre gestão agrícola, acesse o blog PariPassu.

 

Até a próxima!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *