Plano Averbado: como as empresas podem oferecer a previdência corporativa

A previdência corporativa é um benefício que pode aumentar consideravelmente a qualidade de vida dos colaboradores. Descubra como obtê-la!

Sem dúvida alguma a previdência privada é um dos tipos de investimento mais populares aqui no Brasil. Ela conquistou espaço na vida da maioria das pessoas por oferecer maior segurança que outros tipos de planos, bem como um rendimento legal, principalmente a longo prazo e nas condições adequadas. 

Nesse sentido, os formatos empresariais também têm feito bastante sucesso, com foco principal no Plano Averbado. Sendo assim, é legal conhecer e entender mais sobre esse tema para saber qual é o modelo mais vantajoso para você e para seus funcionários. 

Abaixo detalhamos melhor como funcionam os planos averbados, instituídos e as principais vantagens de cada um deles dentro da previdência corporativa. Ficou curioso para saber mais? Continue acompanhando e descubra tudo! Boa leitura!

O que é previdência privada? 

Se você acompanha o mundo dos investimentos com toda a certeza já ouviu falar da previdência privada. Afinal, como citamos anteriormente, esse é um dos principais tipos de investimento adotados aqui no Brasil, principalmente por sua segurança e praticidade. 

Nele são feitos depósitos de pequenos valores, tanto de forma mensal, quanto anual ou semanal, os quais são armazenados em uma instituição financeira. Com o passar do tempo esse dinheiro começa a render com base na taxa de juros do banco escolhido, proporcionando uma ótima rentabilidade. 

Antigamente, a poupança era a aplicação preferida para quem buscava por lucros a longo prazo. Só que com a taxa Selic bem reduzida, ela deixou de ser vantajosa. Assim, a previdência privada passou a ser a escolha da maioria dos brasileiros.

Isso porque os juros trazem valores melhores quando o dinheiro já está depositado a algum tempo. Sendo assim, esse investimento é um ótimo meio de se preparar para a velhice e para a tão sonhada aposentadoria. 

O que é previdência empresarial?

O plano de previdência empresarial funciona de forma bem semelhante à previdência privada comum. No entanto, ao invés de ser uma escolha do próprio indivíduo que organiza o plano junto com seu banco, é a própria empresa que oferece esse benefício aos seus funcionários. 

Além disso, a previdência empresarial é um ótimo método de incentivar os colaboradores em suas funções. Com esse plano consegue-se maior comprometimento na realização das tarefas diárias, bem como uma maior adesão dos planos e propósitos da companhia. 

É importante dizer também que a previdência privada é um meio de fornecer maior suporte e qualidade de vida aos colaboradores da empresa. 

Sendo assim, quando trazida para a prática ela também se torna um método eficaz e efetivo de humanizar a gestão de pessoas e o setor de departamento pessoal. 

Principais tipos de previdência empresarial

Até aqui você já pode perceber que a previdência empresarial é um meio super legal de fornecer um benefício a mais para os funcionários. Afinal, através dela consegue-se ofertar um suporte para momentos difíceis, bem como maior segurança para os momentos de imprevistos dos colaboradores.

Nesse sentido, a empresa pode optar por dois caminhos diferentes na hora de adotar os planos de previdência. São eles:

Previdência Averbada 

Na previdência averbada o papel da empresa é o de ser facilitadora dentro das negociações do plano. Isto é, ela oferece a condição para seus colaboradores e os ajuda nos processos burocráticos que envolvem o início da previdência. 

No entanto, nesse caso a companhia não oferece nenhum suporte financeiro para os valores que serão cobrados pela instituição financeira. 

Esse costuma ser o plano mais adotado pelas empresas que desejam oferecer esse benefício, já que não acarreta grandes custos para a companhia. 

Sendo assim, é uma ideia para as organizações que desejam começar a oferecer a previdência corporativa, mas não podem gerar grandes mudanças em seus orçamentos mensais. 

Contudo, é sempre importante ressaltar que, caso a empresa não ofereça suporte financeiro, a adoção da previdência averbada deve ser uma escolha do funcionário. 

Afinal, a retirada de qualquer valor da renda mensal, mesmo que em pequenas quantias, pode causar grande diferença no orçamento geral do colaborador.

Previdência Instituída

Já na previdência instituída os colaboradores recebem uma ajuda de custo da empresa para a formação de sua previdência. Isto é, além de fornecer todo o suporte de negociação, a empresa também contribui com valores para a reserva de seus funcionários. 

A grande vantagem dessa modalidade é que a companhia que a adota recebe incentivos fiscais caso declare Imposto de Renda através do regime de Lucro Real. 

Ou seja, as contribuições ganham a possibilidade de serem deduzidas como uma categoria de gasto operacional, diminuindo bastante as tributações da empresa. No entanto, os valores devem se ater a 20% do holerite dos colaboradores.

Vale ressaltar que quando a empresa opta pela previdência instituída ela pode estabelecer uma série de requisitos para ajudar os funcionários com o valor. 

Absenteísmo, produtividade, comprometimento e atingimento de metas são alguns padrões bastante adotados pelas companhias. 

Além disso, também fica a critério da empresa estabelecer períodos mínimos para que o dinheiro possa ser retirado. Dois anos costuma ser um tempo razoável e que permite o armazenamento de uma boa quantia do salário.

Como contratar um plano averbado? 

Atualmente, existem diversas empresas no mercado que oferecem o plano averbado para companhias que desejam adotar a previdência empresarial. No entanto, é sempre bacana fazer uma boa pesquisa para encontrar aquela que mais faz sentido com as necessidades da sua organização e de seus funcionários. 

Uma das líderes dentro desse segmento é a Onze, que oferece plano averbado para empresas que desejam ofertar o benefício com qualidade a seus colaboradores. 

Com ela é possível garantir bons rendimentos, uma boa quantia para retirada e muita segurança no investimento. Sendo assim, vale conhecer esse serviço na hora de realizar a contratação do plano de previdência. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *