Conheça o grande show do agronegócio brasileiro

O agronegócio brasileiro continua a dar o seu show. Em 2019, a safra de grãos do Brasil bateu recorde de 242,1 milhões de toneladas, de acordo com os dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Já o Valor total da Produção Agropecuária (VBP) atingiu R$ 630,9 bilhões, 2,6% acima do obtido no ano anterior, outro valor recorde.

E a receita das exportações do agronegócio somou US$ 96,8 bilhões, um pouco menos (4,3%) do que em 2018, mas ainda assim representando 43,2% do total exportado pelo País, quase 1% a mais do que na temporada anterior, segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).n

Os números confirmam a enorme relevância do setor na economia brasileira e o vigor persistente na atividade, em suas mais diversas cadeias produtivas e se expandindo por toda a sociedade.

“O ano foi marcado pelo crescimento extraordinário do faturamento do milho e pelo desempenho também excepcional da pecuária, com aumento real de 9%”, avalia a área técnica da Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Mapa, salientando o incremento nas vendas de carnes para o mercado internacional nos últimos meses do ano, diante do impacto da peste suína africana em diversos países asiáticos, em especial a China, hoje o principal importador do País.

O milho, com um recorde, voltou a se destacar no comércio externo, onde vem ganhando espaço em fase recente, assim como o algodão teve desempenho excepcional, ambos garantindo crescimento de 2,7% na quantidade total de produção agropecuária exportada pelo País.

E, ainda em volumes, o café e o tabaco tiveram bons resultados.

Já a soja, principal produto brasileiro de exportação e líder da agricultura nacional, devido à redução da safra, à menor demanda chinesa e à alta base de comparação anterior, teve venda externa menor (11% no peso e 21% na receita), mas, mesmo assim, em alto patamar (o segundo maior na história).

Enfim, o agronegócio assegurou mais uma vez o saldo positivo na balança comercial brasileira, uma boa renda e oportunidades de trabalho para muita gente. E tudo leva a crer que assim vai prosseguir.

Além de atender o mercado interno, o País é líder em nível mundial na produção e na exportação de diversos produtos agropecuários.

Importante ressaltar que cada vez mais se solidifica como grande fornecedor mundial de alimentos, fibras e outros itens do campo, pelas condições particulares que apresenta, e sem necessidade de abrir novas áreas, ao ocupar pastagens e espaços de outras culturas em rotação.

As perspectivas permanecem alvissareiras para 2020 e o País mostra qualificação, competitividade e sustentabilidade para avançar sempre mais como referência em agronegócio no mundo.

Fonte: Revista AgroBrasil – Balanço Brasileiro do Agronegócio 2019/2020

Sobre a Editora Gazeta:

A Editora Gazeta Santa Cruz possui autoridade em publicações relacionadas ao  agronegócio, sendo uma referência para as publicações voltadas ao mundo da agricultura e pecuária em território brasileiro.

Os anuários tem o objetivo de considerar todos os agentes envolvidos em todos os meios produtivos, com ênfase para o desempenho de cada safra, informações de produção, pesquisa, infraestrutura, tecnologia, qualidade, logística, beneficiamento, industrialização, exportação e comportamento de mercado.

As reportagens possuem fotografias que retratam a maiorias das situações na produção, no beneficiamento e na industrialização dos produtos. Tudo o que você precisa saber sobre esse segmento de atuação.

Além do excelente conteúdo editorial e do alto padrão visual e gráfico, com papel de primeira linha, o que mais tem projetado os anuários é o fato de terem duas versões de textos, uma em português e a outra em inglês.

Um de nossos objetivos é apresentar a qualidade da produção nacional para o  exterior, consolidando os mercados e ampliando espaços para a produção brasileira.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela empresa Editora Gazeta            E-mail: comercial@editoragazeta.com.br
 Telefone: (51) 3715-7989

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *