Mala de Viagem: 8 Coisas Que Você Precisa Considerar Para Escolher

Uma das decisões mais importantes que qualquer viajante deve tomar é com relação a escolha da mala de viagem. 

Há uma grande variedade de tamanhos, materiais e preços. E isso, muitas vezes torna difícil o processo de escolher uma para levar com você.

Portanto, veja a seguir os principais pontos que você deve considerar para não errar na escolha de uma mala de viagem. Boa leitura!

1) Tamanho

O primeiro ponto e um dos mais importantes que você deve considerar cuidadosamente é o tamanho de suas malas. 

Afinal, ninguém quer uma mala grande demais para ficar conduzindo ou uma pequena demais que não cabe muita coisa.

O tamanho da sua bagagem vai depender de alguns pontos.

Em primeiro lugar, você deve considerar a companhia aérea que você está voando, para saber o que é permitido em relação ao tamanho da bagagem, pois cada uma tem um regulamento.

Outra coisa a ter em mente é que você não deve escolher uma bagagem que você “luta” para gerenciar quando está vazia. 

Você precisa de algo que você pode manipular facilmente, porque normalmente não haverá ninguém por perto para ajudá-lo a levantar ou carregar suas malas. 

Certifique-se então de que a bagagem que você decidir comprar não te impeça fisicamente.

2) Material

O material que você escolhe para sua bagagem também é importante. Geralmente, a bagagem que é flexível costuma ser mais em conta (e também mais leve), mas também será menos durável. 

Infelizmente, muitos funcionários das companhias aéreas nem sempre lidam com a bagagem despachada com muita gentileza. 

Portanto, se você comprar uma mala de lado flexível, por exemplo, poderá correr o risco de ser rasgada, manchada ou danificada de alguma outra forma.

Por outro lado, a bagagem de lado macio pode ser útil como uma bagagem de mão, porque este material pode facilitar a colocação da sua mala em uma caixa de bagagem.

Dependendo do tamanho da sua bagagem de mão, você pode até ter espaço para armazená-la embaixo do assento à sua frente.

Sendo assim, para a bagagem que você deseja comprar, é bom ter em mente que ela precisa de um material resistente para maior durabilidade. 

Além do mais, esses materiais “duros” também tendem a ser mais fáceis de limpar.

3) Peso

As companhias aéreas impõem taxas de bagagem muito altas e multas por bagagem excedida, por isso é importante que qualquer mala que você compre seja suficientemente leve (mesmo sem nada nela). 

Até os viajantes experientes que sabem arrumar a mala mais levemente “brigam” para não ultrapassar a exigência de peso. 

Malas com capas duras geralmente são leves, mas se certifique de que são suficientemente duráveis.

4) Rodas

O desafio aqui é descobrir se você prefere malas com duas ou quatro rodas. 

Muitos viajantes que preferem malas de quatro rodas gostam delas porque podem girar 360 graus, tornando-as fáceis de manobrar. 

Com quatro rodas, você pode facilmente carregar a bagagem ao seu lado, na sua frente ou atrás de você. Também é fácil navegar em corredores de avião e outros espaços apertados. 

Já uma mala de duas rodas, só avança e recua. É menos ergonômica do que quatro rodas, mas se você estiver andando pelas ruas da cidade, por exemplo, as de duas rodas são melhores para andar nas calçadas, ruas de paralelepípedos e outras superfícies irregulares.

5) Expansibilidade

Quando estamos arrumando a mala para voltar de uma viagem, é comum nos depararmos com a seguinte situação: você começa a organizar tudo e por causa de algumas compras ou mesmo lembranças para familiares/amigos acaba ficando mais difícil de guardar tudo. 

Por isso, comprar uma mala que tenha essa opção de se expandir é um importante fator a ser avaliado, pois dessa forma você não terá uma surpresa desagradável na volta de que nem tudo cabe na mala.

6) Cor

Você já reparou que quase toda mala de viagem nos aeroportos é preta? Preto é mais básico, não mostra sujeira tanto quanto outras cores, porém como é tão comum, é fácil confundir. 

Logo, ter uma cor que se destaca da multidão (ou uma etiqueta de bagagem distinta) também é útil para você não ter inconvenientes de trocar a mala com outra pessoa ou mesmo ter dificuldades em achá-la caso seja perdida.

7) Preço

Como tudo na vida, você recebe o que você paga.

Se você quer boas malas e que sejam duráveis, você terá que gastar um pouco mais, embora a qualidade dos produtos de marca nos dias de hoje pareça estar “deslizando” em alguns aspectos.

Bagagem de grife pode ser mais sobre moda e aparência do que a construção de qualidade, além de ser mais um alvo para os ladrões. 

E, a maioria de nós tem restrições orçamentárias, portanto você só deve gastar o que pode pagar, lembre-se disso.

Uma mala se torna uma parte séria do seu estilo de vida e você quer algo que possa contar para transportar e proteger seus pertences, assim como você quer um carro confiável transportando você.

8) Dica extra

Pesquise bastante. Antes de comprar, pesquise modelos e ouça opiniões independentes sobre a mala que você está considerando comprar. 

Lojas online, por exemplo, têm avaliações de outros usuários, a partir disso você já pode ter uma ideia sobre como é o produto. Além disso, no YouTube também há diversos vídeos que podem te ajudar.

Essas avaliações podem ser essenciais ​​para orientar a sua decisão. Mas lembre-se, a melhor bagagem de viagem é aquela que funciona para você!

Agora que você já sabe o que de mais importante deve considerar para comprar uma mala de viagem, você já está mais preparado (a) para fazer a escolha certa!

Além disso, lembre-se que ainda é necessário muito planejamento para que tudo saia como esperado, pois até mesmo escolher um bom estacionamento aeroporto Guarulhos (caso você more em São Paulo) precisa estar em seus planos.

Até porque você não quer nenhuma dor de cabeça antes, durante ou depois da viagem. Então se organize, planeje e faça as escolhas certas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *