Guia de Iluminação sem Gesso

Você acha que uma ótima iluminação pode fazer seu ambiente parecer maior e mais encantador, porém acha que para ficar correto ou bonito precisa ter um forro de gesso? 

Iluminar o ambiente apenas para evitar o escuro é pouquíssimo se comparado com a real importância e função da iluminação na decoração de interiores. 

Lendo este artigo, você vai entender como unir utilidade e design no mesmo local.  Abaixo estão os 4 conceitos fundamentais para iluminar e decorar qualquer ambiente. 

  • Tipos de luzes na decoração; 
  • Como organizar as luminárias de teto; 
  • Usar a luz para ambientar qualquer cômodo; 
  • Como usar uma peça de iluminação de destaque em cada ambiente; 

Como você não deseja esbanjar dinheiro nem sequer ficar espirrando uma semana com a poeira, por isso trate de se motivar.

Eu vou te mostrar como fazer uma iluminação elegante sem gesso.

Tipos de iluminação na decoração 

Cada ambiente pode receber até 3 tipos de iluminação: 

  • Difusa; 
  • Direta; 
  • Indireta; 

    Para sua sorte, não há nada de complicado em entender e aplicar um desses três tipos de iluminação.      

Difusa: Luz que é distribuída de forma igual por todo o ambiente. Pode vir de mais de um ponto de luz no teto. 

Direta:  Pontos de luz direcionados para uma tarefa que exija atenção, como por exemplo: ler, trabalhar ou cozinhar. Vem de luminárias ou lâmpadas com foco dirigido e iluminação direta. 

Indireta: Iluminação mais leve, usada para dar aconchego. Vem de luminárias com luz difusa ou indireta. 

Mas o segredo da boa iluminação não está na luminária ou lustre escolhido!

Um surpreendente fato sobre iluminação na decoração 

Escolher boas luminárias já representa metade da decoração de uma boa iluminação e ajuda a dar efeitos de luz. Porém, ao contrário do que muitas pessoas pensam, as luminárias não são o que define um projeto luminotécnico. 

O segredo certamente está nas lâmpadas, as verdadeiras protagonistas dessa história. Acertar na escolha de lâmpada é o primeiro passo rumo à conquista de ambientes aconchegantes e decorados. Ou seja, escolha a lâmpada certa, pois todo conforto é pouco!

É possível combinar iluminação geral e local na mesma decoração se você usar a lâmpada correta. 

– Incandescentes

Consomem mais energia e são pouco eficientes, já que apenas 5% da eletricidade que gastam se torna luz – o resto se converte em calor. Por isso mesmo, já foram “extintas”.

Para isso, existem as lâmpadas incandescentes que tem o objetivo de decorar:

 – Lâmpadas Vintage.

Estas lâmpadas possuem uma capacidade de decoração única para seu lar e tem a função de dar aconchego e pessoalidade ao ambiente. 

 – Fluorescentes.

Há dois tipos de lâmpadas fluorescente semelhantes. 

– Compactas.

Lâmpadas que incluem um reator e encaixam nos mesmos soquetes das incandescentes. 

– Tubulares 

Modelos que precisam de reator auxiliar consomem 80% menos energia que as incandescentes, porém, a maioria dos modelos emite luz fria, ou seja, possuem baixo índice de reprodução de cor, de 70% a 80%.

Este modelo é mais recomendado para cômodos que exigem claridade intensa e constante, como escritórios e cozinhas.   

– Halógenas    

Essas lâmpadas consomem 30% menos que as incandescentes. Com luz amarelada, vão bem em salas, mas se saem melhor em quartos e principalmente em luminárias com efeito difusor. Gera luz mais brilhante, porque tem um refletor parabólico. 

 – Led  

Na realidade, não é uma lâmpada propriamente dita, mas ilumina. Fornece tecnologia avançada, até 50 anos de vida útil. É econômica, gasta até 80% menos que as incandescentes e apresentam boa luminosidade. O ponto fraco está no preço que ainda é mais alto, mas vem caindo. 

 

Um erro caro na iluminação 

 A localização da sua luminária é um fator-chave para distribuir corretamente a luz. 

Comprar uma boa luminária sem organizar sua decoração de maneira que a luz seja bem distribuída, pode custar caro. 

Outra dica: organize suas luminárias. Usar luminárias do mesmo formato e material na iluminação de teto em todos os ambientes, além de organizar visualmente a iluminação, ajuda a economizar. 

Escolha luminárias simples de material resistente e instale-as em pelo menos 2 pontos de cada ambiente.

Luz para desk – São luminárias de piso ou mesa com foco direcionável próximas ao local de trabalho e assentos usados para leitura e estudo. 

Luz de decoração – Abajures, pequenas luminárias com difusores opacos, velas, luzinhas de Natal… vale tudo para iluminar todos os cantinhos com equilíbrio. 

Um ambiente bem iluminado pode conter esses dois elementos de iluminação juntos: luz difusa e direta. 

Não inveje o decorador, seja um! 

Que tal, uma dica que ninguém revela?

Uma peça de destaque em cada ambiente.  Cada ambiente merece uma peça de iluminação especial. Uma alternativa charmosa e mais elegante é usar lustres que além de decorar, atribuem personalidade ao local. 

Seu ambiente ganha destaque e sua casa ganha personalidade. 

Como no quarto de casal, por exemplo, onde a iluminação deve beneficiar as preferências do casal, oferecer aconchego para quem quer dormir, e uma iluminação confortável para quem deseja ler um livro antes de pegar no sono. 

Guia Essencial de Luminárias Para Decorar Qualquer Ambiente 

 Dizer como você deve fazer é fácil, mas muitas pessoas ainda ficam na dúvida na hora de decorar, mesmo com instrução. Isso é natural, levando em conta que cada casa é diferente e agregar sua personalidade no ambiente não é tão simples e requer dedicação e carinho. 

Para ambientes mais descontraídos, uma ótima opção de iluminação fixa são lustres. Agregam personalidade, elegância e praticidade no ambiente. 

Lustre e cores estão ligados de uma forma íntima, pois na decoração são dois fatores que não podem ser esquecidos. Por isso, analise as cores já usadas em sua decoração para que a cor do lustre seja harmônica.

 A seguir, algumas opções de lustres e luminárias capazes de renovar o visual de sua casa e dar personalidade a sua decoração.

Abajures 

Muitas pessoas têm o hábito de ler na cama, então a iluminação deve ser bem aplicada para que não incomode quem quer dormir. 

Um abajur para ler deve ser alto o bastante para iluminar diretamente o livro. O Abajur Poláris se encaixa perfeitamente, além de ser elegante e, devido à sua transparência, deixar o ambiente mais leve.

Lâmpadas decorativas com filamentos de carbono

Elas podem substituir um abajur se você quiser um toque mais moderno em sua decoração e uma personalidade mais marcante. Fornece luz direta e pode ser combinado com luminárias, ou ser usado suspenso em ambientes fechados.

Com o visual totalmente vintage, as Lâmpadas Thomas Edison são moda em todo mundo, ideal para decoração, com luz amena concentrada em seus filamentos. 

 Luminárias 

As luminárias têm a função parecida com a dos abajures, mas oferecem uma iluminação difusa e indireta, ideais para ambientes mais pessoais.

A Luminária Phoenix é uma peça sofisticada, que traz requinte e beleza ao ambiente, além de proporcionar uma ótima iluminação direta. Você pode direcioná-la para uma poltrona de leitura, mesa de jantar, escrivaninha, etc.

Espero que este artigo facilite seu trabalho na hora de levar luz (e sofisticação) ao seu ambiente!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Essência Móveis, onde você pode encontrar diversos conteúdos sobre decoração e móveis de Design.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *