Escolhendo o tênis certo para seus pés

Os estilos de tênis estão em constante evolução, na aparência, mas também na forma como funcionam. Navegar por todas as marcas e vários estilos de tênis pode ser confuso, especialmente com todos os recursos de calçados aparentemente de alta tecnologia. 

Atletas e especialistas em medicina esportiva tendem a se manter atualizados com as características dos calçados esportivos e como cada um pode beneficiar um tipo específico de pé ou atividade. 

Mas os atletas não são os únicos que podem se beneficiar ao encontrar o calçado certo para seu tipo de pé ou nível de atividade. Para qualquer nível de atividade, é útil saber como um determinado estilo ou característica de calçado pode suportar seus pés.

Como comprar calçados esportivos inteligentes

A coisa mais importante a se considerar ao comprar calçados esportivos é o ajuste do calçado e o grau de suporte ou estabilidade de que você precisa. Geralmente é melhor comprar sapatos no final do dia para simular o inchaço natural que ocorre durante o exercício.

Se você tem pés chatos ou pronados excessivamente (onde o arco e o tornozelo giram para dentro e o pé se espalha para fora ao caminhar), se você tem tendência a fascite plantar (dor no calcanhar), ou se sofre de artrite que afeta a parte inferior membros, sapatos com um grau mais alto de estabilidade geralmente se sentirão melhor, em oposição aos estilos neutros ou minimalistas.

Se você tem um arco normal e não tem problemas nos pés ou nos joelhos, sapatos com suporte extra ou recursos de estabilidade podem não ser necessários – a menos que você prefira. 

A intensidade de sua atividade também deve levar em consideração a escolha de calçados esportivos. Por exemplo, se você caminha ou corre regularmente em terrenos acidentados, um calçado com sola áspera – como um tênis de corrida para trilhas – seria uma boa escolha.

Sapatos Minimalistas

Durante anos, os estilos de calçados esportivos evoluíram para ter mais suporte, especialmente à medida que corrida e outros esportes de alto impacto ganharam popularidade. 

Assim como os tênis de sola super grossa e os sapatos tonificantes como Skechers Shape-ups começaram a perder popularidade, chegaram os estilos minimalistas. A mania dos sapatos minimalistas nasceu do interesse crescente pela corrida descalça. 

Correr descalço pode significar literalmente correr descalço, ou pode se referir a correr em um estilo minimalista, popularizado pelo tênis FiveFingers da Vibram.

Os sapatos minimalistas têm uma sola fina, com pouca ou nenhuma alteração na altura do calcanhar ao dedo do pé. O calçado pode ser facilmente flexionado e alguns estilos, como Free Run e Flex Run da Nike, têm sulcos profundos na sola para permitir uma flexão extra.

 Isso terá o efeito de permitir que o meio do pé e os dedos dos pés flexionem mais, o que pode ser um problema se você tiver uma condição dolorosa nos dedos, como joanete.

Quando questionadas sobre por que optam por tênis de corrida descalços ou minimalistas, as pessoas costumam dizer que preferem experimentar uma biomecânica corporal e dos pés mais natural. 

Por exemplo, correr com um tênis minimalista, que tem menos apoio do que um tênis de corrida tradicional, faz com que os músculos dos pés e da perna trabalhem um pouco mais para manter a estabilidade do pé e reduzir o impacto no solo. 

Em teoria, esse fortalecimento pode ter o efeito de diminuir os problemas nos pés, como os pés em martelo ou a fascite plantar.

Um problema com esse conceito é que os pés adultos já assumiram a forma plana (pronação excessiva), arqueada alta (supinação) ou arqueada neutra. 

É por isso que as pessoas com pés chatos (pronadores excessivos) muitas vezes não se sentem confortáveis ​​ou têm problemas para usar sapatos minimalistas.

 Portanto, se você é um pronador exagerado e deseja experimentar sapatos minimalistas, use-os gradualmente para evitar lesões, mas esteja ciente de que esses estilos podem não ser o seu melhor ajuste.

 Algumas pessoas que sofrem de artrite ou tendinite também acham que se dão melhor com calçados esportivos com mais suporte, em vez de calçados minimalistas.

Calçados para suporte máximo e controle de movimento

Se você tem um problema específico nos pés, como artrite, tendinite ou fascite plantar, ou é pronador excessivo, tênis com controle de movimento são os melhores. 

Como saber se um sapato tem controle de movimento? Uma característica facilmente visível é a parte média da sola do sapato, que terá uma elevação ou arco que possui uma concha de plástico rígido. 

Esta característica parece separar o calcanhar da área do antepé do sapato. O controle de movimento dá ao calçado um maior grau de estabilidade, que resiste à pronação do pé. A pronação excessiva pode causar problemas como tendinite, fascite plantar e problemas nos joelhos.

Calçados de estabilidade

Calçados esportivos de estabilidade são simplesmente tênis que oferecem um bom suporte, mas têm menos controle sobre o movimento do pé do que um calçado de controle de movimento. 

Um calçado de estabilidade seria uma boa escolha para pés que não pronam excessivamente ou requerem suporte extra. 

Eles geralmente são preferidos por quem gosta de um pouco de flexibilidade em seus sapatos, em vez de estilos rígidos de sola rígida. New Balance, Adidas e Nike são três empresas que usam o termo ‘estabilidade’ em suas categorias de calçados.

Sapatos almofadados

Os estilos de calçados com almofadas destinam-se a acomodar aqueles que preferem calçados que absorvem choques. 

Eles são menos rígidos e têm menos controle do que outros estilos, então podem ser mais fáceis de dobrar ao meio ou torcer. Essas podem não ser a melhor escolha para pronadores excessivos ou qualquer pessoa com qualquer tipo de instabilidade no pé ou tornozelo. 

Pessoas com pés rígidos e arqueados podem achar esses estilos mais confortáveis. Se você tem tendência a torcer os tornozelos, esteja ciente de que uma sola mais grossa e mais estreita pode aumentar o risco de entorse. 

Esse era um problema comum com sapatos tonalizantes curvos, que ofereciam muito amortecimento, mas aumentavam a instabilidade no pé e no tornozelo.

Encontrar tênis por categoria

É comum que os sites de calçados esportivos categorizem seus estilos de calçados pelo nível de apoio e alguns oferecem conselhos sobre qual calçado é o melhor para o tipo de pé ou atividade específica. Algumas empresas até têm seus próprios termos exclusivos para categorizar seus sapatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *