E-commerce na indústria: saiba escolher a plataforma certa

A indústria está mais visível do que nunca. Grandes empresas, que até há pouco eram apenas fornecedoras de matéria-prima, bens e produtos, hoje desejam sair de trás das cortinas e se fazerem vistas perante o consumidor.

A necessidade de compreender melhor seu cliente final e criar relacionamento, além das novas tecnologias e mídias digitais, são os principais responsáveis pelas recentes aparições da indústria no mercado de e-commerce.

Segundo a Revista E-commerce Brasil, a indústria já é responsável por 8% dos negócios online, o que demonstra que essa é uma tendência que deve crescer gradativamente nos próximos anos. Se você é dono de uma indústria, deseja começar a construir sua presença online por meio de uma loja virtual, e tem dúvidas sobre qual a melhor plataforma para seu negócio, as dicas abaixo vão te ajudar a sanar todas essas questões.

 O que são essas plataformas?

As plataformas em um e-commerce são os softwares utilizados como base para a construção de uma loja virtual, ou seja, são uma espécie de fundo sobre o qual são colocadas todas as funcionalidades, personalizações e características de um e-commerce. Por meio destes softwares são criadas todas as funções da loja, desde o estoque e logística às fotos de apresentação dos produtos. 

Integração ao sistema de gestão da empresa.

Você provavelmente já possui um sistema de gestão próprio (ERP) por onde realiza todo o controle financeiro, administrativo, de logística, estoque, faturamento, dentre outras funções.

Pela plataforma escolhida deve ser possível integrar a loja virtual diretamente com o ERP da empresa, assim todas as informações são compartilhadas por ambas as bases de dados em tempo real, evitando divergências, problemas com entrega, furos no estoque, dentre outros problemas desagradáveis.   

Qual tipo de loja funciona melhor para indústria?

Não há um modelo ideal que funcione para todos os segmentos da indústria, por isso é preciso conhecer bem o objetivo do investimento para assim poder tomar decisões assertivas. 

De forma geral, a indústria costuma optar por estruturas de loja mista, nas quais é possível realizar compras online e associar as lojas físicas. Essa é uma forma de manter o cliente intermediário, o lojista, satisfeito sem gerar atritos. 

Como escolher a plataforma ideal?

Para entender melhor como escolher a plataforma ideal, primeiro você precisa saber o que irá vender, para que seja possível definir as funções que não podem faltar de jeito nenhum na ferramenta.

Por exemplo, o produto precisa de descrição detalhada? Necessita de várias fotos em ângulos diferentes para demonstração? Essas utilidades devem estar disponíveis na plataforma escolhida. 

Quanto você pode investir?

É possível escolher uma plataforma totalmente customizada com a identidade visual e preferências da marca, ou escolher modelos prontos, que geralmente são de valor mais acessível.

A decisão deve levar em conta não somente o budget, mas considerar a variedade de produtos, volume de venda, alcance da marca, que funcione rapidamente, de forma prática, seja responsivo, dentre outros fatores que exijam uma plataforma mais completa.   

Tenha em mente que seu negócio irá crescer.

É possível que você esteja investindo pela primeira vez em uma loja virtual, por isso o orçamento um pouco mais restrito pode levá-lo a escolher uma plataforma mais barata com ferramentas limitadas.

Tenha em mente que a tendência de seu negócio é crescer cada vez mais, principalmente se a organização da loja for realizada de forma correta e integrada entre a plataforma e o ERP. 

Então, a plataforma escolhida precisa estar apta a satisfazer demandas maiores, entregando o mesmo que já está sendo feito, mas com uma abrangência e volume muito maiores, sem perder a qualidade do atendimento ou gerar atrasos nas entregas.

Plataforma Magento e suas funcionalidades.

Um exemplo de ferramenta completa que contempla todas as necessidades da indústria de uma só vez, é a Plataforma Magento. Esta ferramenta, além das características acima, é capaz de otimizar as estratégias de SEO, permitindo a inserção de descrições e palavras-chaves facilmente indexadas pelo Google, categorizar produtos e inserir blocos de texto em cada um.

Ser compatível com a instalação de anúncios patrocinados, como Google Adwords e bases de dados do Google Analytics, possibilita a impressão de relatórios, oferece diversos meios de pagamento, excelente sistema de visualização de fotos e informações dos produtos, dentre inúmeros outros benefícios. 

A plataforma ideal deve satisfazer todas as necessidades acima citadas, no entanto, para que a estratégia seja efetiva e os canais de venda cresçam cada dia mais, o atendimento ao cliente deve ser tão bom quanto o produto, para que o consumidor tenha uma excelente experiência e volte a comprar na sua loja virtual.

E aí, ficou alguma dúvida? Manda pra gente!

 

Este texto foi desenvolvido pela Híbrido, uma empresa focada na área do ecommerce, com o objetivo de auxiliar clientes na criação e aprimoramento de sua loja virtual, com foco em resultados e acompanhamento de metas de crescimento das empresas. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *