Descubra as melhorias ideias de um açougue

Destacar-se na área de vendas com casa de carne, mais popularmente conhecida como açougue, pode não ser tarefa fácil.

Mas é essencial e existem caminhos e técnicas que podem facilitar muito esse processo. Antes de iniciar as reformas necessárias e colocar em prática as estratégias e conhecimentos, no entanto, é fundamental traçar um plano de negócios.

Os equipamentos para açougue, assim como a localização ideal do empreendimento, os tipos de carnes e aves que serão comercializados, público em geral devem ser levados em conta na parte de levantamento de dados do plano de negócios. Para que se possa definir um orçamento exato de quanto se pode investir, o planejamento é essencial e não pode faltar.

Esse planejamento pode ser feito pelo próprio empreendedor, que faz pesquisas de opinião e estudos de mercado na região localizada, bem como o que será veiculado a esse público restrito.

Ou, até mesmo, esse planejamento pode ser feito por meio de uma contratação de empresas especializadas no ramo de negócios e empreendimentos. O recomendável é estudar as opções e optar pela que mais tem a ver com seu perfil de negócio e modelo empreendedor.

Uma dos principais pontos é pensar em ter o negócio em um local estratégico. Mentalize avenidas, ruas e bairros movimentados da região que escolheu empreender.

Dessa forma, com os equipamentos e as técnicas corretas, será muito mais fácil atrair novos fregueses e conquistar aqueles que já tem com um bom atendimento e produtos de qualidade.

De início, é bacana optar por um balcão vitrine, no qual ficarão expostos as carnes, aves, linguiças e demais produtos. Também é bacana pensar em criar um espaço do churrasco, onde além de vender a carne, é legal deixar exposto produtos que comumente são consumidos nesse tipo de refeição. São eles: pão de alho, carvão, espetos especiais, gelo e outros.

Organização e higiene

Ainda que o ramo tenha seu crescimento fixo no mercado e sua importância, são necessários certos cuidados para que o negócio vingue e se firme dentro da concorrência.

Características como a organização e a distribuição do espaço, bem como a higiene presente são essenciais e contam muitos pontos entre os clientes.

Uma pia de inox sob medida, por exemplo, é o tipo de equipamento que não pode faltar. Além de garantir a higiene necessária ao local, também é de grande auxílio para os colaboradores e funcionários.

Lembre-se de sempre comprar de fornecedores produtos de alta qualidade. Juntas, essas características moldam o açougue e consequentemente o seu sucesso.

Confira os principais equipamentos presentes nessa categoria de serviço:

  • Freezer e refrigeradores potentes;
  • Mesa de corte;
  • Equipamentos de segurança para funcionários;
  • Picador e amaciador de aves e bovinos;
  • Balanças;
  • Veículo de transporte;
  • Utensílios de cozinha para corte e manuseamento.

E claro, muitos outros. A mesa de aço inox para cozinha industrial é ideal para dar aquele toque de profissionalismo no seu açougue.

Além de trazer todo o requinte de uma cozinha industrial, também é de extrema utilidade para  manusear os produtos, separá-los, listá-los e assim por diante.

Como investir nos equipamentos

Pensar nos equipamentos do local é importante, mas tão importante quanto é pensar na utilidade que eles terão. Opte por elementos que irão facilitar o dia a dia no açougue, de forma que a vida dos funcionários (e também a do proprietário) serão efetivas.

Uma outra dica é pensar em servir produtos que já sejam prontos para consumo, ou que necessitem de um procedimento mais simples para o preparo.

É o caso da carne bovina, que pode ser oferecida e vendida de uma forma semi pronta. Essa facilidade pode conquistar clientes de uma maneira totalmente eficaz e satisfatória.

De volta aos utensílios, não tem como um açougue se manter em pé sem um balcao refrigerado para carnes preço. Esse aparelho é um dos requisitos básicos dentro das leis desse tipo de comércio.

A indústria alimentícia necessita de frigoríficos ou freezers e geladeiras adequadas para estocar e armazenar produtos de forma legal. Normas devem sempre ser levadas a sério, pois caso a vigilância sanitária resolva fazer uma vistoria, permanecer dentro da lei é essencial.

Em geral, outros elementos que devem ser levados em consideração são: a validade dos produtos ofertados, a preparação dos mesmos, bem como seu manuseio, higiene do ambiente de forma geral, expositor vertical, uniformes limpos para os funcionários, equipamentos de segurança e estoque dos próximos produtos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *