Como deixar os pets quentinhos no inverno?

Os dias mais frios exigem cuidados extras com a saúde do seu pet. No caso dos cães e gatos, é importante manter o antipulgas em dia, para evitar infestações e adaptar o ambiente onde dormem, para deixá-lo mais quentinho e confortável.

No entanto, não são apenas eles que precisam de atenção, pássaros e roedores também podem ficar incomodados com as temperaturas mais baixas. Assim, seja qual for o seu bichinho, o melhor é estar preparado para o inverno. Veja o que fazer:

Cães

Donos de cães devem colocar roupinhas nos pets de pelo curto e optar por uma cama ou casinha mais quentinha. Se ele dorme em casa, forre o piso com um EVA ou tapete de borracha, para evitar a umidade na caminha ou cobertores. Além disso, o aquecedor é bem-vindo para deixar o espaço mais agradável.

Caso o pet esteja em uma casinha, do lado de fora, coloque mais cobertores e procure deixá-lo em um local longe do vento. Procure proteger também o local em que ele se alimenta e converse com o veterinário sobre a possibilidade de incluir uma refeição extra.

É válido também vacinar o cão contra a gripe, escolher horários mais quentes do dia para os passeios e estimular brincadeiras. Ele tem pelos longos e precisa de tosa? Aumente os intervalos deste cuidado. Vai dar um banho? Opte por fazer isso menos vezes no mês e seque muito bem os pelos. Se possível, use o secador com vento morno para te auxiliar.

Gatos

Os gatos também podem se incomodar com o frio e até ficarem doentes. Você pode notar se a temperatura o incomoda ao vê-lo tentando entrar embaixo das cobertas ou ficar muito próximo dos donos.

Para resolver a questão, aposte nas mantas e cobertores, além das caminhas estilo caverna. Quanto às roupas, os felinos não são muito receptivos, mas se você vive em regiões mais geladas, é válido acostumá-lo desde filhote.

Outra dica é manter a cama do gato longe de correntes de ar, bem forrada com caixas de papelão ou material emborrachado, e tentar aquecer o ambiente. O aquecedor pode ser ligado por alguns minutos, até deixar o local agradável e o bichano se acomodar em seu espaço.

Pássaros

Diferente dos cães e gatos, as aves não podem vestir roupinhas ou terem cobertores perto de suas gaiolas. Ainda assim, sentem frio e precisam de proteção nos dias mais gelados.

Mantenha a gaiola em casa e protegida do vento, para isso uma capa protetora pode cumprir bem a função. Evite o uso de aquecedores, pois os pássaros são mais sensíveis à umidade do ar. Além disso, é importante reforçar a alimentação no inverno.

Quanto ao banho, é válido colocar a banheirinha para a ave, mas em menos dias da semana, sempre retirando após vê-la se banhar. Um a dois dias na semana é ideal para o banho dos pássaros.

Roedores

Chinchilas, porquinhos-da-índia e hamsters também precisam de proteção extra quando as temperaturas caem. É normal observá-los menos ativos, mas interessados em ficarem quietos em um cantinho da gaiola, mas você pode ajudar a deixar o ambiente mais agradável para eles.

Forre a gaiola com jornal ou papelão picado e mantenha em casa, longe de correntes de ar. Nos dias muito gelados, é permitido colocar um cobertor ou manta envolta, mas lembre-se de deixar um pequeno espaço para o ar entrar.

Se o bichinho vive em um terrário, a lâmpada quente é útil, mas deve ser acompanhada de um termômetro, pois calor em excesso também faz mal para eles. Por último, troque a água com frequência, pois a hidratação é importante mesmo no inverno.

Texto: Gear Seo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *