Body: peça-chave para looks de sucesso

A peça herdada dos anos 80 teve, em sua origem, um uso diferente do que vemos hoje em dia. Antigamente, o body era exclusivamente uma peça fitness, utilizada para ginástica e dança ou para a praia, em formato de maiô. 

No entanto, já nos últimos anos, seu uso tem se modificado. Para muitas pessoas, ele virou uma peça coringa dentro do guarda-roupa. Por sua versatilidade na hora de montar looks, muitos apaixonados pela moda passaram a adquirir a peça, que é perfeita para diversas ocasiões. 

Com diferentes tecidos e estampas, sempre há um body que se encaixe no seu estilo. Esta peça única, que se ajusta perfeitamente ao corpo, é disponibilizada em diferentes modelos, por exemplo, os seguintes:

  • Sexy;
  • Casual;
  • Ousado;
  • Mais elaborado.

Inclusive, todos ficam maravilhosos quando bem utilizados. Neste artigo, vamos te ensinar a utilizar essa peça das mais variadas maneiras, para criar looks diferentes com o que você tem no armário. Confira!

Como usar um body?

Como comentamos acima, os bodies são peças versáteis e que podem criar looks incríveis quando bem utilizados. Por isso, em primeiro lugar, é importante lembrar que o body é usado para alongar a silhueta e marcar a cintura, trazendo a feminilidade à tona. 

A maior parte dessas peças de roupa costuma ser lisa e com cores sóbrias, ideais para ir ao trabalho, para participar de ocasiões formais ou reuniões. 

Para esses casos, é interessante combinar o body com uma calça social, saia longas e calça jeans mais séria, com a adesão de um blazer. Por outro lado, temos o body mais ousado e cheio de estampas e detalhes, para os momentos mais descontraídos. 

Nessas ocasiões, você pode usar e abusar dos shorts, das minissaias e das calças mais despojadas e divertidas. Acrescente alguns acessórios, como bijuterias e pulseiras, para dar o toque final para o seu look.

Como o body é uma peça que fica grudada ao corpo, é importante tomar um cuidado maior para os tecidos mais claros. Eles podem acabar ficando transparentes, tornando-se inapropriados para situações mais sérias. 

Outra dica importante é a alternância: se você optou por usar um body mais justo em uma ocasião, busque complementar com peças mais largas na parte de baixo, para criar uma harmonia visual.

Os tipos de body

Existem diversos tipos de bodies, que já fogem do estilo da época em que ele foi criado — para atividades físicas e roupas de banho. Portanto, os seus estilos e tecidos passaram a ser variados.

O mais básico do body é a peça lisa, que funciona como uma camiseta básica para o seu look. As roupas que você escolher para finalizar o look é que vão definir para qual estilo apontar.

Em contraponto, existem os modelos estampados, que fazem muito sucesso. Eles compõem visuais mais ousados e divertidos, que se encaixam bem com todas as estações do ano.

Se você prefere apostar em um look mais sexy, aqui vão duas opções especiais: o body de renda e o cavado. O primeiro, perfeito para eventos noturnos, é marcante e sensual. O segundo, muito utilizado na praia, chama atenção por conta do decote ao lado.

No mesmo time das duas anteriores, temos o tule e as telas. Como forma de deixar o look mais delicado, ele também possibilita que algumas partes do corpo fiquem mais expostas, trazendo a sensualidade para o seu visual.  

Por fim, assim como existem os bodies de alcinha ou de manga curta, também existem os modelos de manga longa. Perfeitos para looks mais sofisticados, são uma aposta mais elegante para o seu visual. 

Texto: Gustavo Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *