Segurança de prédios em geral

Para garantir a proteção e a segurança em diversos tipos de edificações é preciso tomar uma série de medidas preventivas relacionadas à contenção de riscos como incêndios.

Pode, ainda, ser necessário contar com a atividade qualificada de profissionais que estão habilitados para lidar com situações de perigo que podem acontecer de forma inesperada.

Desta maneira, para quem deseja realizar uma administração predial de alto desempenho é importante oferecer equipamentos de segurança e instalações adequadas às normas, assim como disponibilizar de uma equipe preparada para os imprevistos.

No artigo a seguir, conheça as possibilidades existentes no setor e saiba como tornar um espaço predial mais seguro a partir de medidas mais simples e rentáveis do que se pode imaginar.

Curso de bombeiros

curso de bombeiro civil é destinado para todas as pessoas maiores de dezoito anos, que possuem interesse por essa área de defesa e fiscalização das normas de segurança em diversos ambientes, sejam em prédios, estabelecimentos comerciais, residências, entre outros.

Dessa maneira, o curso tem como objetivo qualificar as pessoas a intervirem de forma apropriada em casos de emergência e em situações de risco.

Ao desenvolver e aplicar planos de ação de prevenção e combate à situações emergenciais, os bombeiros são capazes de oferecer a possibilidade de preservação da vida, do meio ambiente e do patrimônio.

Por isso, o treinamento para exercer a profissão é bem criterioso e busca observar se o profissional realmente possui condições físicas e emocionais para ser um bombeiro.

Atuação

Para minimizar ou até eliminar os efeitos nocivos e o risco de incêndio, além do manuseio de produtos que podem ser perigosos para a saúde humana.

Esse agente da segurança pública deve ter domínio de uma variedade de técnicas e das ferramentas necessárias para os procedimentos de combate ao incêndio.

A inspeção e o teste periódico dos equipamentos utilizados no combate à incêndios também é uma responsabilidade desses profissionais que pode ser mais eficaz com um curso de qualificação.

Locais de risco e rotas de fuga também podem ser elaborados e supervisionados pelos bombeiros.

Em situações de emergência, exige-se, ainda, que a equipe de brigadistas e socorristas funcione de forma integrada, garantindo intervenções mais amplas, ágeis e resolutivas.

Nesses casos, os bombeiros são responsáveis pela coordenação da ação com o intuito de evitar ou diminuir as perdas de vida e bens, tanto patrimoniais quanto ambientais.

Além das técnicas de primeiros socorros, que são básica para a atuação profissional, é preciso contar com a atuação direta e qualificada na regularização da edificação conforme as exigências de órgãos públicos e seguradoras.

Por isso, os bombeiros fazem parte do processo de interpretação de projetos legais e da verificação de sua  adequação à realidade do ambiente inspecionado.

Entre as abordagens existente no programa desses cursos estão:

  • Realização de procedimento de combate a incêndio;
  • Utilização de equipamentos;
  • Realização de atividades operacionais;
  • Salvamento terrestre;
  • Atuação junto à produtos perigosos;
  • Análise de risco em plantas e projetos;
  • Primeiros Socorros.

Obtenção do ART

Falando no Corpo de Bombeiros, existem alguns documentos obrigatórios emitidos por ele para a certificação de segurança predial.

Tais como o Art laudo de vistoria, que deve ser concluído antes da abertura do espaço para uso, seja um estabelecimento comercial, um prédio público ou uma indústria.

Em caso de negligência com a obtenção desse documento, o prédio pode ser interditado por tempo indeterminado, gerando uma série de transtornos e prejuízos.

Estamos falando, claro, de uma situação em que a falta de compromisso com a segurança não chegou a acarretar em acidentes, alguns podendo ser fatais, de forma que os bombeiros podem solicitar o fechamento imediato para evitar que mais pessoas estejam em risco.

Esse laudo tecnico garante que a estrutura do ambiente seja adequada para uso, de acordo com todas as exigências legais com relação à sustentação e à segurança de espaços prediais.

Ele ainda prevê a instalação de equipamentos contra incêndio e da correta sinalização em casos de emergência.

O mais importante nesse caso é garantir, ainda, que planos de ação, tais como um eficiente Plano de abandono e evacuação, sejam devidamente empregados em casos extremos.

Para isso, é importante contar sempre com pessoas preparadas e assegurar o uso adequado de todos os ambientes, de modo que as saídas de emergência estejam devidamente instaladas e possam possibilitar o fluxo mais ágil e eficiente durante a evacuação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *