A organização de uma indústria

A organização industrial é um conceito fundamental para entender o funcionamento de uma fábrica.

É a partir dele que todas os setores serão arrumados de modo a desenvolver o melhor trabalho possível, da maneira mais rentável e consumindo menos recursos.

Por meio da definição das principais diretrizes de uma indústria, no que diz respeito à sua produção, é possível se ater as particularidades do parque industrial em si.

Como o sistemas de segurança, alimentação de funcionários e descarte de materiais ou ainda como o papel, que pode ser reciclado.

Conheça mais sobre os procedimentos adotados nessas três áreas:

Segurança

Uma das principais preocupações na instalação de uma indústria é com a segurança do local, devido ao alto valor dos investimentos em maquinário e outros itens.

Isso, sem mencionar a preocupação com a integridade dos funcionários.

O uso de uma camera de segurança é a primeira ideia que passará na cabeça de qualquer pessoa.

Mas, existem sistemas mais completos e sofisticados que podem oferecer uma proteção mais eficaz, capaz de abranger todo o parque industrial.

A opção mais indicada é um sistema de circuito fechado de TV, composto por um conjunto de câmeras que possibilitam um monitoramento completo.

Pontos considerados vulneráveis, como entradas, estacionamentos, salas de controle devem ser abrangidos pelo Cftv alive.

Existem câmeras com sensores, com infravermelho, e, ainda, aquelas voltadas para ambiente externo. O ideal é compor um equipamento bem diversificado.

Além de coibir atividades criminosas devido à alta proteção no entorno da fábrica.

O sistema serve para auxiliar qualquer investigação de atividades suspeitas dentro do local, desde  uma ação criminosa até mesmo uma conduta inadequada de qualquer natureza.

Alimentação

Outro setor que merece atenção é o fornecimento de refeição no ambiente de trabalho.

Devido à localização isolada dos parques industriais, longe dos centros comerciais, há uma dificuldade para que os funcionários possam se alimentar fora do local de trabalho.

A contratação de serviços terceirizados para fornecimento desse serviço torna-se, então, muito comum.

No entanto, também existem empresas que fornecem refeições de qualidade, com cardápios balanceados e variados.

Ainda é possível oferecer educação nutricional aos colaboradores, com informações sobre os alimentos consumidos, calorias dos pratos e dicas de alimentação saudável.

A empresa pode construir um refeitório no local ou fazer uso de um serviço de Alimentação transportada.

O segundo consiste em um serviço no qual a preparação dos alimentos é feito na própria empresa contratada e levada ao parque industrial para distribuição aos colaboradores.

As vantagens deste tipo de serviço são:

  • Segurança;

  • Praticidade;

  • Possibilidade de escolha do cardápio;

  • Personalização para cada empresa;

  • Refeições balanceadas e gostosas.

Esse tipo de serviço é eficiente para indústrias cuja instalação de um refeitório seja inviável e mesmo diante desta impossibilidade a alimentação saudável dos colaboradores ainda seja possível.

Feita por profissionais qualificados e transportada adequadamente a fim de manter a qualidade dos alimentos.

Reciclagem de materiais

A indústria é um potencial produtor de papel para descarte, sendo a reciclagem de papel um processo muito importante a ser adotado para diminuir a quantidade de lixo descartado na natureza.

O processo ainda pode ser um potencial gerador de renda e de economia de recursos naturais como água e madeira.

Empresas interessadas em promover a reciclagem devem fazer a coleta seletiva do papel, não permitindo que ele se misture a substâncias orgânicas que podem sujá-lo e/ou contaminá-lo.

Caso ocorra a mistura entre as substancias, pode haver a diminuição no valor do papel no mercado de reciclagem.

Após a separação dos tipos de papel, que vai desde aqueles encontrados em escritórios como os blocos de papel para anotação até mesmo papelão, eles são triturados, enfardados e enviados para as empresas que fazem a Reciclagem de papel industrial.

A parte que cabe às empresas é aquela da coleta seletiva, separando-o de outros materiais.

Já a parte de separação em tipos, trituração, enfardamento e envio à empresas de reciclagem é feito por cooperativas de reciclagem.

É possível que uma empresa interessada em ajudar na reciclagem de papel se associe a uma cooperativa para que seu material seja recolhido periodicamente.

Na indústria de reciclagem de papel o material encaminhado pela cooperativa é triturado com água e aditivos químicos compondo a massa que formará o novo papel.

Essa massa é prensada e colocada em bobinas para formar as novas folhas de papel.

A organização industrial é um processo que inclui inúmeras etapas, que vão desde a formulação das diretrizes até os procedimentos básicos de segurança e bem-estar de funcionários se atendo ainda a uma preocupação com a sustentabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *