O planejamento necessário para encerrar uma empresa

No mundo dos negócios, muitas vezes é preciso tomar decisões difíceis, como o momento ideal de encerrar uma empresa.

Nem sempre isso significa um tipo de fracasso, pois pode ser a maneira de estar apto a abraçar outras oportunidades.

De qualquer forma, para que seja um processo sem grandes obstáculos, prejuízos ou preocupações, é interessante estabelecer um planejamento.

Como saber se é preciso fechar a empresa?

Encerrar as atividades de um empresa, é uma decisão que precisa ser tomada com muita clareza.

Diversos fatores podem estar relacionados com tal acontecimento, mercado saturado, dificuldade nas finanças, situação econômica do país, entre outros.

Naturalmente, há outras ocorrências, como a decisão de fechar a empresa visando outras oportunidades.

Algumas das questões a serem analisadas são:

  • Percepção dos clientes;
  • Produtividade;
  • Rotatividade dos funcionários;
  • Fluxo financeiro;
  • Possíveis estratégias;
  • Operações internas e externas da empresa.

Esses pontos devem ser levados em consideração, principalmente a possibilidade de estabelecer novas estratégias no plano de negócios de sua empresa.

No entanto, em alguns casos, a melhor opção pode ser de fato encerrar as atividades.

Para constatar de fato se o seu negócio ainda é viável financeiramente, é possível recorrer aos serviços de um contador online ou presencial. Uma vez que a decisão for tomada, é hora de começar a se planejar para os próximos passos.

Para quem é MEI, ao estar inativo, porém sem realizar o pedido de baixa formalizado, débitos referentes à contribuição mensal (DAS) continuarão a ser debitados.

Por isso, é importante que ao se decidir, realize os procedimentos necessários para não ter mais pendências.

Há diferenças no encerramento das empresas?

Claramente, há divergências entre as formas de encerrar a empresa. Por exemplo, se na trajetória de sua empresa pendências não foram resolvidas, seja com funcionários ou declaração de impostos, a situação pode ser mais complexa.

Todavia, é um processo que depende também de qual tipo de empreendedor se trata.

O processo para encerrar empresa mei, ou seja, do microempreendedor individual, é distinto de empresas maiores. Afinal, as obrigações tributárias destes tipos de empresas são menores.

De forma geral, o processo é simples caso tudo esteja regular e pode ser realizado por meio da internet.

É importante citar que o processo de fechamento do MEI, a baixa é um processo definitivo.

Sendo assim, não é possível revertê-lo caso se arrependa da decisão. Caso queira voltar às atividades, será necessário se formalizar novamente, com um novo CNPJ.

Como encerrar uma empresa com dívidas?

Para fechar empresa mei com dívidas ou em outros casos, as pendências podem ser transferidas para o CPF (Cadastro de Pessoa Física) do empresário.

Caso a dívida envolva algum funcionário ou outra questão de negócios, é importante realizar consulta advogado trabalhista.

Além dessas opções, é importante analisar os meios de resolver tais pendências. Afinal, o encerramento da empresa não significará a resolução das dívidas.

Elas ainda serão sua responsabilidade e para evitar problemas futuros, é preciso se organizar para atender tais pendências.

Qual é a importância de buscar um profissional?

Principalmente quando se trata de uma empresa de pequeno porte, como é o caso do MEI, a dúvida sobre recorrer ao auxílio profissional pode existir.

No entanto, ter o suporte e a orientação adequada para abrir, manter e fechar o seu negócio, é uma forma de gerenciar com mais qualidade as questões empresariais.

Independentemente do tipo de empresa, existem obrigações a serem atendidas.

Por exemplo, uma empresa que negligenciou a necessidade de buscar um contador declaração de imposto de renda.

Neste caso, a decisão de adiar o contato com o profissional ou requisitar a alguém sem conhecimento adequado para determinada tarefa, pode resultar em grandes problemas a médio e longo prazo.

Sendo assim, é importante garantir que a situação esteja regularizada. Um profissional capacitado pode contribuir significativamente neste cenário.

Além da área da contabilidade, consultar um advogado trabalhista também pode assegurar que todos os processos, principalmente em relação aos seus funcionários, estão ocorrendo de forma correta.

Conforme pode ser notado, o planejamento de encerrar uma empresa vai além de apenas refletir e buscar como dar baixa.

É preciso analisar a situação do seu negócio, se há pendências, quais profissionais precisam ser contratados para auxiliá-lo, documentos necessários, entre outros caminhos a serem seguidos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *