Fintechs: Dicas e oportunidades

Você já deve ter ouvido falar do Nubank ou Original. Ambos fizeram pomposas campanhas na internet recentemente e se posicionam como líderes da nova tendência das empresas do mercado financeiro no Brasil e no mundo todo.

As fintechs lembram as estruturas das Startups baseadas na visão de empresa enxuta, utilizando o máximo de tecnologia em suas operações.

Essa combinação é poderosa. Imagina você não precisar ir a uma agência bancária e conseguir resolver tudo pela internet. Isso representaria um ganho para o cliente e para a instituição financeira que pode operar com pouca estrutura. Fazer mais com menos é o diferencial que tende a balança para o lado das fintechs.

Veja algumas dicas de como podemos nos beneficiar com as fintechs:

1 – Migre aos poucos para uma fintech – As mais sólidas no mercado brasileiro são: Nubank, Original e Toro Investimentos. Existem diferenças significativas entre elas e faz-se necessário que você entenda quais as suas necessidades e quais os serviços que melhor lhe atendem.

Você pode começar com um cartão de crédito simples e ir migrando para outros serviços aos poucos, como investimentos ou empréstimos, por exemplo.

2 – Organize-se – É essencial que você se organize financeiramente. Se tiver uma empresa, nunca misture as finanças da pessoa física com a jurídica. É vital que você utilize um software de gestão para sua empresa.

Os sistemas de gestão, assim como as fintechs, estão migrando para a nuvem. Se você não tiver, contrate um bom sistema e se tiver, mas não for em nuvem, considere a possibilidade de mudar e programe-se.

Uma boa indicação é o Sistema Aivis, um ERP completo com emissão de notas fiscais, controle de estoque e financeiro, que vai te ajudar a entender como sua empresa está e quais suas necessidades. Planejar é a chave de negócios de sucesso. Acesse www.aivis.com.br e conheça o sistema.

3 – Movimentações financeiras – Você pode, através da tecnologia Peer-to-peer lending, fazer pequenos empréstimos, isto é, emprestar dinheiro para outros correntistas com uma taxa de juros pré-fixada acima das taxas tradicionais. Essa pode ser uma boa aplicação.

Outra ferramenta disponível nas fintechs que te ajudarão a ter melhores resultados são os robôs investidores. Eles elaboram as carteiras de investimento segundo suas necessidades e intenções, te informando da rentabilidade dos fundos e realizando funções como compra e venda de ativos.

Essas são ferramentas que podem mudar a forma como nos relacionamos com os investimentos, e as fintechs apostam alto nisso.

Conclusão

As fintechs vieram para ficar e já estamos diante dos players que podem desbancar os gigantes que dominam o mercado atual. Claro que existe uma geração financeiramente ativa que vai ter dificuldades para fazer a transição e os grandes bancos sabem disso, mas essa é uma mudança inevitável.

Os negócios evoluíram em todo o mundo em diversas áreas. Essa mudança está sendo possível graças ao desenvolvimento tecnológico atual que possibilita a pequenos grupos desenvolverem grandes soluções compartilhando informação e buscando o máximo de resultados.

Fazemos parte de uma revolução a qual o mercado interage diretamente com o consumidor e isso é bom para todos. Importante fazer uma pesquisa para encontrar a fintech que melhor se enquadra ao seu perfil.

Comece já a explorar as facilidades que essas empresas podem oferecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *